Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Índices de violência registram queda em agosto em SP

O Estado de São Paulo fechou o oitavo mês do ano com redução nos casos e vítimas de homicídios dolosos e latrocínios e queda nas ocorrências de roubos a banco e de carga, além de roubos e furtos de veículos. Com queda de 9,38%, os casos de homicídios dolosos passaram de 224 para 203, se comparado o mês de agosto com igual período de 2018, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira (25) pela Secretaria da Segurança Pública.

O número de vítimas reduziu 9,87%, com 23 vidas poupadas. Os totais são os menores da série histórica, iniciada em 2001. Com as variações, as taxas dos últimos 12 meses (de setembro de 2018 a agosto de 2019) caíram para 6,25 casos e 6,57 vítimas de homicídios dolosos a cada grupo de 100 mil habitantes do Estado. Os índices são os menores já contabilizados pela série história.

Os latrocínios também reduziram na comparação mensal. Os casos caíram mais que a metade, passando de 23 para 10 ocorrências registradas no mês passado. A quantidade de vítimas passou de 23 para 11. Os índices são os menores da série.

Os estupros subiram 0,29%, com três casos a mais na comparação entre agosto de 2018 e de 2019. Houve um caso de extorsão mediante sequestro no mês passado – em agosto de 2018 o indicador ficou zerado.

Roubos e furtos

No oitavo mês de 2019, o Estado de São Paulo registrou queda nos roubos e furtos de veículo. Os roubos de veículo recuaram 26,3%, de 4.822 para 3.554. Em números absolutos foram 1.268 casos a menos – o menor total da série histórica.

Os furtos de veículos também diminuíram 7,67% em agosto. A quantidade passou de 8.561 para 7.904, ou seja, 657 a menos. É a primeira vez que o indicador fica abaixo de 8 mil ocorrências no período.

Os roubos de carga registraram queda de 20,86%, de 748 para 592. A redução se estendeu para os roubos a banco que passaram de cinco para um, atingindo o menor total contabilizado pela série.

Os roubos em geral subiram 0,38% no último mês, com variação de 82 casos a mais registrados desta natureza. Os furtos em geral tiveram queda de 0,91% no período, já que 42.936 ocorrências foram contabilizadas.

Outros indicadores

O trabalho realizado pelas polícias Militar, Civil e Técnico-Científica no mês de agosto deste ano resultou em 17.576 prisões. A quantidade, que representa aumento de 1,06%, é recorde para o período. No mês, 1.034 armas de fogos foram retiradas das ruas e 4.172 flagrantes de tráfico de drogas foram registrados.

*conteúdo do Governo do Estado de SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *