São Paulo e Athletico-PR garantem permanência na Série A do Brasileiro

As torcidas de São Paulo e Athletico-PR, enfim, respiram aliviadas. A vitória do Tricolor sobre o Juventude, por 3 a 1, e o empate sem gols do Furacão com o Palmeiras garantiram, nesta segunda-feira (6), a permanência de paulistas e paranaenses na Série A do Campeonato Brasileiro.

No Morumbi, aos quatro minutos do primeiro tempo, Emiliano Rigoni cruzou pela direita e o também atacante Luciano, de cabeça, abriu o placar. Aos 42, Luciano desviou a cobrança de escanteio do lateral Reinaldo e o goleiro Douglas Friedrich deu rebote, que o atacante Jonathan Calleri aproveitou para ampliar.

Os gaúchos pressionaram na etapa final e descontaram aos 17 minutos. O lateral Michel Macedo cruzou rasteiro pela direita e o atacante Sorriso completou para as redes. Três minutos depois, porém, Miranda lançou a bola na área, Luciano apareceu às costas do também zagueiro Rafael Foster e finalizou na saída de Douglas Friedrich, garantindo a vitória tricolor.

(Fernando Alves/EC Juventude/via Agência Brasil)

O São Paulo subiu para 48 pontos, provisoriamente na 12ª posição, abrindo cinco pontos para o Z4, a uma rodada do fim. O Juventude, por enquanto em 16º, pode terminar a rodada na zona de rebaixamento se o Dourado pontuar contra o Fortaleza, em partida que iniciou às 20h (horário de Brasília) desta segunda.

Empate na Arena

Na Arena da Baixada, em Curitiba, mesmo recheado de meninos do sub-20, o Palmeiras assustou o Athletico-PR. Aos 20 minutos, o lateral Gabriel Garcia cruzou pela esquerda e o atacante Vitinho cabeceou na trave esquerda. Aos 34, o árbitro de vídeo (VAR) verificou um possível pênalti de Thiago Heleno, por mão na bola na área, mas as imagens mostraram, na origem do lance, uma falta de Vitinho no também zagueiro Pedro Henrique, que foi marcada.

Antes do intervalo, o Furacão pressionou e teria aberto o placar com o atacante Pedro Rocha e o meia Canesin, não fossem duas boas defesas do goleiro Vinícius. No segundo tempo, o time da casa seguiu em cima e teve várias chances de sair na frente, mas pecou na pontaria. Quando a bola foi em direção ao gol, Vinícius salvou uma cabeçada de Bissoli e o zagueiro Michel evitou – quase na linha – o que seria um golaço do também atacante Nikão.

O empate levou os paranaenses, que ocupam neste momento o 13º lugar, aos 46 pontos, o que os impede de serem alcançados pelas equipes que figuram no Z4. O Palmeiras, com 63 pontos, não perde mais a terceira posição.

A última rodada do Brasileiro será nesta quinta-feira (9), com todos os jogos iniciando às 21h30. O Juventude encara o Corinthians no estádio Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS) e tem de ganhar se quiser evitar a queda à Série B. O Palmeiras enfrenta o Ceará na Arena Barueri, na grande São Paulo. O São Paulo visita o América-MG no Independência, em Belo Horizonte, enquanto o Athletico pega o Sport na Arena Pernambuco.

Por Agência Brasil

São Paulo anuncia demissão de Hernán Crespo

Reprodução / Facebook Oficial SPFC

O São Paulo anunciou na tarde desta quarta-feira (13) que o técnico argentino Hernán Crespo , de 46 anos, não comanda mais o futebol tricolor. A decisão foi tomada em comum acordo, após reunião entre a diretoria e o treinador. O time ocupa a 13ª posição na tabela da Série A do Campeonato Brasileiro, após quatro empates consecutivos nas últimas rodadas.

Contratado pelo Tricolor em fevereiro, Crespo teve aproveitamento de 57,23%. Em 53 partidas, foram 24 vitórias, 19 empates e dez derrotas. A principal  conquista no período foi o título do Paulistão de 2021, após um jejum de quase nove anos no futebol  profissional. Sob comando do argentino, o São Paulo foi eliminado nas quartas de final de duas competições: da  Libertadores ao perder para o rival Palmeiras (4 a 1 no placar agregado) e da Copa do Brasil ao ser derrotado pelo  Fortalezada (5 a 3, também no agregado).

Além de Crespo, também deixam o São Paulo o auxiliar técnico Juan Branda, os preparadores físico Alejandro Kohan e Gustavo Sato, o  preparador de goleiros Gustavo Nepote e o analista de desempenho Tobías Kohan.

Por Agência Brasil

São Paulo e Cuiabá encerram nesta segunda 25ª rodada do Brasileiro

Reprodução / Facebook Oficial SPFC

Cuiabá e São Paulo encerram a 25ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro nesta segunda-feira (11), às 20h (horário de Brasília), no famoso jogo de seis pontos, na Arena Pantanal, na capital matogrossense. Na 12ª colocação , o Dourado tem 30 pontos, apenas um a mais que o Tricolor paulista, que ocupa a 14ª posição na classificação geral. 

O time comandado pelo técnico Hernán Crespo vem de uma boa atuação diante do Santos, na última quinta (7), mas que não foi suficiente para sair do Morumbi com a vitória. O São Paulo está apenas três pontos acima do Bahia, que abre a zona do rebaixamento. Vencer o Cuiabá significa dar alívio para fugir da parte de baixo e ânimo para lutar por uma vaga na Libertadores.

“O objetivo sempre é chegar o mais alto possível, mas o principal objetivo é jogar como a gente jogou contra o Santos, com esta intensidade, com esta energia positiva. Sinceramente foi a primeira vez que senti vontade de entrar no campo e jogar com eles, porque foi emocionante. Todo o elenco estava concentrado, com muita vontade de conquistar os três pontos que, infelizmente, não se conquistou, mas acreditamos e jogamos com uma dinâmica e uma intensidade que realmente fazia um tempo que a gente não via”, analisou o treinador argentino.

Crespo deve manter a base da equipe que começou a partida contra o Santos com Tiago Volpi, Igor Gomes, Miranda, Léo e Welington; Luan, Rodrigo Nestor e Marquinhos; Rigoni, Luciano e Calleri.

O Cuiabá vem de resultados ruins e saiu de uma posição confortável para começar a se preocupar com o rebaixamento. O técnico Jorginho terá o retorno do zagueiro Paulão, que cumpriu suspensão no confronto anterior. Com isso, o Dourado deve entrar em campo com Walter, João Lucas, Marllon, Paulão e Uendel; Auremir, Pepê e Camilo; Max, Clayson e Jenison.

Durante coletiva, o treinador adiantou qual será a estratégia para sair com os três pontos da Arena Pantanal.

“O São Paulo é uma equipe que joga muito em cima e, em alguns momentos, eles pressionam com uma linha de cinco a nossa última linha de marcação. É difícil se marcar assim, a gente tem que tomar uma decisão ou de fazer um 5-4-1 ou até mesmo um 4-5-1 para que a gente possa dificultar um pouquinho essas bolas que eles entram em profundidade ou até mesmo entrando pelos lados. Mas é uma equipe que tem uma certa dificuldade com a questão de a gente sair em velocidade”, revelou Jorginho.

Lembrando que o jogo terá presença da torcida: 20 mil ingressos foram colocados à venda.

 Por Maurício Costa – Repórter da Rádio Nacional 

Palmeiras e São Paulo decidem vaga na semi da Libertadores

Palmeiras e São Paulo decidem na noite desta terça-feira (16) quem avança às semifinais da Copa Libertadores da América. O Verdão leva vantagem por ter marcado no empate em 1 a 1 fora de casa, no duelo de ida  – de acordo com a regra, se houver empate no placar agregado (soma dos resultados nos duelos de ida e volta), avança na competição quem tiver balançado a rede na casa do adversário. A partida no Allianz Parque, a partir das 21h30 (horário de Brasília), será transmitida ao vivo na Rádio Nacional, com narração de André Luiz Mendes, comentários de Waldir Luiz e Bruno Mendes. 

Comandado pelo técnico português Abel Ferreira, o Palmeiras chega ao confronto após derrota por 2 a 0 para o Atlético-MG,

“Estamos preparados para nosso grande jogo. Mas nós não podemos ter jogadores profissionais, treinadores e árbitros amadores”, disse o treinador após a partida, contrariado com a arbitragem na partida do último sábado (14), pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro. 

Jogando em casa, o São Paulo também poupou titulares no Brasileirão, mas venceu o Grêmio por 2 a 1. O triunfo tricolor deixou o treinador argentino Hernan Créspo ainda mais confiante para o clássico Choque-Rei.

“Cada dia que passa, sinto mais e mais orgulho de vocês. Com este espírito de batalha, vamos conquistar muito mais”, afirmou Créspo..

Os dois treinadores têm quase todo a elenco à disposição. No Palmeiras, a dúvida é o atacante Luiz Adriano. Já o São Paulo não sabe se irá contar com o zagueiro Arboleda. Um novo empate em 1 a 1 leva a decisão da vaga para os pênaltis. O zero a zero é do Palmeiras e qualquer outra igualdade, do Tricolor paulista.

Por Rodrigo Ricardo – Repórter da Rádio Nacional 

São Paulo e Palmeiras duelam pelas quartas de final da Libertadores

(Cesar Greco/Palmeiras/via Agência Brasil)

É hora de Libertadores para São Paulo e Palmeiras! O clássico Choque-Rei começa a decidir, nesta terça (10), às 21h30 (horário de Brasília), quem vai para as semifinais da competição. A primeira partida deste duelo brasileiro será no Morumbi. Os donos da casa vêm de vitória por 2 a 1 sobre o Athletico-PR.

Nos últimos sete jogos, foram quatro vitórias do São Paulo e três empates, que levou o título deste ano do Paulistão sobre o Palmeiras. A Rádio Nacional transmite o Choque-Rei com narração de Rodrigo Campos, comentários de Mário Silva, reportagem de Rodrigo Ricardo e plantão de Luiz Ferreira.

Por conta de questões contratuais, Daniel Alves é dúvida para o técnico Hernán Crespo. O argentino também faz mistério quanto ao sistema tático do Tricolor Paulista.  “Independente do Palmeiras, temos que ter alternativas e protagonistas do jogo”.

O Palmeiras vem de derrota para o Fortaleza por 3 a 2, dentro da Arena Allianz Park. Para o português Abel Ferreira, o Brasileirão é uma maratona, diferente da Libertadores. “Vamos entrar numa prova diferente, eliminatória em jogo de ida e volta”.

Por Rodrigo Ricardo, da Agência Brasil

Com brilho de Rigoni e Marquinhos, São Paulo avança na Libertadores

(CONMEBOL/Reprodução)

Com grande atuação do argentino Rigoni e do garoto Marquinhos, o São Paulo superou o Racing (Argentina) por 3 a 1, em partida realizada nesta terça-feira (20) no estádio El Cilindro, em Avellaneda, região metropolitana da capital Buenos Aires, e garantiu a classificação para as quartas de final da Copa Libertadores.

A classificação veio porque o Tricolor empatou em 1 a 1 com o Racing na partida de ida das oitavas de final, disputada na última terça-feira (13) no estádio do Morumbi.

Passeio em Avellaneda

Antes de a bola rolar havia certo temor em relação ao futuro do Tricolor na competição continental. Porém, bastou o juiz iniciar o confronto para o time comandado pelo técnico argentino Hernán Crespo mostrar que foi à Argentina para lutar pela classificação.

Com o argentino Rigoni e o garoto Marquinhos, de apenas 18 anos, no comando de ataque, o São Paulo criou várias oportunidades no primeiro tempo. Mas o primeiro gol saiu apenas aos 43 minutos da etapa inicial, quando Miranda roubou a bola e lançou Marquinhos, que partiu em velocidade para finalizar de dentro da área. O goleiro Arias conseguiu defender parcialmente e a bola sobrou para Rigoni, que não perdoou.

Se no primeiro tempo o São Paulo demorou a marcar, na etapa final foram necessários apenas dois minutos. Benítez encontrou, com um ótimo passe, Marquinhos, que bateu na saída do goleiro adversário. Aos 11 minutos, o garoto de 18 anos voltou a brilhar, mas como garçom. Após arrancada ele deixou Rigoni na boa para marcar o terceiro. Aos 17 minutos Javier Correa ainda diminuiu com um belo chute da entrada da área, mas o time de Crespo foi inteligente para administrar o placar e segurar a vitória.

Agora, o Tricolor aguarda o confronto entre Palmeiras e Universidad Católica (Chile), na próxima quarta-feira (21) em São Paulo, para saber quem será o seu adversário na próxima fase. Os brasileiros venceram a partida de ida por 1 a 0.

Por Agência Brasil

São Paulo vence o 4 de Julho-PI e vai às oitavas da Copa do Brasil

São Paulo atropela 4 de Julho-PI e vai às oitavas da Copa do Brasil

O São Paulo levou um susto com menos de um minuto de jogo, mas fez jus ao enorme favoritismo e eliminou o 4 de Julho-PI na Copa do Brasil. Nesta terça-feira (8), o Tricolor atropelou o Gavião Colorado por 9 a 1, de virada, no Morumbi, na capital paulista, garantindo vaga às oitavas de final da competição. O adversário da próxima fase será definido por sorteio.

Os anfitriões foram a campo precisando reverter a vantagem dos piauienses, que venceram o jogo de ida, há uma semana, por 3 a 2, no Albertão, em Teresina. Na ocasião, o técnico Hernán Crespo optou por escalar o São Paulo com reservas, preservando os titulares para a estreia no Campeonato Brasileiro. No prejuízo, o argentino decidiu ir com força máxima para o jogo desta terça.

Só que antes mesmo do cronômetro completar a primeira volta, o 4 de Julho surpreendeu e saiu na frente. O meia Hiltinho recebeu de Esquerdinha e lançou o também atacante Dudu Beberibe, que bateu na saída do goleiro Tiago Volpi. Aos 11, o lateral Edy arrematou da intermediária e mandou a bola muito perto da trave direita.

Os sustos pararam por aí. O São Paulo tomou as rédeas do jogo e, antes do intervalo, tomou a frente no placar agregado. Aos 16 minutos, Luciano deixou tudo igual. Aos 21, o também atacante Pablo recebeu de Luciano e virou o placar. Aos 30, o lateral Emiliano Rigoni cruzou pela direita e o meia Gabriel Sara fez o terceiro, de cabeça. Aos 41, Esquerdinha tentou descontar em cobrança de falta, mas parou no travessão.

No segundo tempo, o Tricolor desandou a fazer gols. Nos primeiros minutos, o 4 de Julho pressionou e reclamou de um pênalti do lateral Igor Vinícius em Dudu Beberibe. Aos dez, no entanto, Pablo marcou o quarto dos anfitriões, em falha da zaga colorada, esfriando a tentativa de reação piauiense. O quinto saiu aos 17. Após pressionar a saída dos visitantes, Rigoni finalizou e a bola desviou no lateral Chico Bala, enganando o goleiro Jaílson.

Três minutos depois, o zagueiro Bruno Alves, de peixinho, assinalou o sexto. Aos 28, Chico Bala tentou cortar um cruzamento do meia Igor Gomes pela esquerda e acabou mandando nas próprias redes. Aos 37, Pablo marcou o oitavo, sendo o terceiro dele na noite. Aos 44, o camisa 9 aproveitou a sobra de um rebote de Jaílson e deixou Luciano livre para fechar a goleada.

O 4 de Julho volta as atenções para a Série D do Campeonato Brasileiro. Neste sábado (12), o Gavião Colorado recebe o Imperatriz-MA às 19h (horário de Brasília), na Arena Colorada, em Piripiri (PI), pela segunda rodada do Grupo 2. No domingo (13), às 16h, o São Paulo visita o Atlético-MG pela terceira rodada da Série A do Brasileirão.

*Com informações da Agência Brasil

Oitavas de final da Libertadores terá três duelos Brasil x Argentina

Reprodução / Facebook Oficial Conmebol Libertadores

A Confederação Sul-Americana (Conmebol) sorteou nesta terça-feira (1° de junho) os confrontos pelas oitavas de final da Copa Libertadores, que serão disputados após a Copa América – que termina em 10 de julho. Atual campeão, o Palmeiras terá como adversário a Universidad Católica (Chile), com jogo de ida no estádio San Carlos de Apoquindo, na capital Santiago, e volta no Allianz Parque, em São Paulo. As datas e horários ainda será anunciados pela organização. O calendário da Libertadores prevê que as oitavas de final ocorram entre 13 e 22 de julho.

Caso avance, o Verdão poderá ter um clássico com o São Paulo pela frente, se o Tricolor levar a melhor sobre o Racing (Argentina), reeditando o duelo que já ocorreu na fase de grupos desta edição: primeiro com um empate sem gols, e depois um triunfo argentino por 1 a 0 na casa dos brasileiros. O jogo de ida será no Morumbi e o de volta no El Cilindro, em Avellaneda, região metropolitana da capital argentina Buenos Aires.

A rivalidade Brasil-Argentina também se fará presente em outros dois confrontos. O Atlético-MG, time de melhor campanha na primeira fase, terá o Boca Juniors como rival, com a partida de ida na Bombonera, em Buenos Aires, e a de volta no Mineirão, em Belo Horizonte. Quem se classificar, duelará com o vencedor entre os argentinos River Plate e Argentinos Juniors (que será o mandante do segundo jogo).

O Flamengo, campeão em 2019, medirá forças com o Defensa y Justícia. O jogo de ida será no estádio Norberto Tomaghello, em Florencio Varela (Argentina). O de volta terá mando rubro-negro, no Maracanã.

Se os cariocas prosseguirem, podem ter o Internacional como rival nas quartas. O Colorado reencontrará o Olimpia (Paraguai), com o primeiro jogo no estádio Manuel Ferreira, na capital Assunção, e o segundo no Beira-Rio, em Porto Alegre. Os gaúchos levaram a melhor nas duas partidas entre eles pelo Grupo B desta edição: 6 a 1 em casa, 1 a 0 fora.

Outro confronto Brasil-Paraguai envolve Fluminense e Cerro Porteño. O primeiro embate será no estádio La Olla Azulgraná, em Assunção. O segundo, com mando tricolor, terá o Maracanã como palco. O ganhador duelará nas quartas contra quem avançar entre Velez Sarsfield (Argentina) e Barcelona de Guayaquil (Equador). Esse último faz a partida de volta em casa.

Por Lincoln Chaves, repórter da Agência Brasil

Rojas acerta renovação com o São Paulo

Reprodução / Facebook Oficial São Paulo FC / Rubens Chiri

Na tarde desta sexta-feira (28), o São Paulo anunciou a renovação de Joao Rojas. O jogador, que teria o contrato vencido no próximo dia 31, permanecerá no Morumbi até pelo menos o final de dezembro deste ano. O novo acordo ainda poderá ser renovado por mais seis meses, a depender do desempenho do atacante.

O equatoriano chegou ao Tricolor paulista em 2018, mas realizou apenas 20 partidas já que sofreu uma lesão em outubro do mesmo ano e ficou um longo período no departamento médico do clube.  

Apesar de não ser titular da equipe comandada por Hernán Crespo, o atacante tem entrado no decorrer das partidas. Até o momento, são 14 jogos disputados, quatro gols marcados e uma assistência em 2021. Ao lado de Luciano e Gabriel sara é o vice-artilheiro do time, atrás apenas do Pablo que balançou as redes em seis oportunidades.

O camisa 7 vive um bom momento, na última rodada da fase de grupos da Libertadores da América, Rojas fez um golaço e ajudou o grupo a conseguir os três pontos. Com o acordo fechado entre jogador e diretoria, é a expectativa é que ele esteja à disposição para a estreia do São Paulo, em casa, contra o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro. A partida será disputada no próximo sábado (29).