Insira suas palavras-chave de pesquisa e pressione Enter.

Centro que atende vítima de violência bate record de atendimento

O Centro de Referência e Apoio à Vítima (Cravi) registrou recorde de atendimento nos primeiros quatro meses de 2019. Foram contabilizados 1.049 atendimentos nos meses de janeiro a abril. No mesmo período de 2018, foram 452. Trata-se do maior número de procedimentos no primeiro quadrimestre desde a criação do programa, em 1998.

Nesse período, o centro prestou auxílio em Suzano, em razão do ataque à Escola Estadual Raul Brasil, em 13 de março, numa tragédia que deixou dez mortos. Do dia do ataque até 30 de abril, o Cravi prestou 495 atendimentos, direcionados a alunos sobreviventes, seus familiares, funcionários e professores.

Baixe o aplicativo do SP AGORA

“A experiência da Escola Raul Brasil foi fundamental para difundir a importância de se falar sobre violência, nos mais diferentes contextos, inclusive, no escolar”, avalia Bruno Fedri, psicólogo do Cravi.

Além de Suzano, outros 554 atendimentos foram realizados na sede do Cravi, no Fórum Criminal da Barra Funda, na capital. Ali são atendidas diariamente as vítimas de crimes graves, entre elas as de violência doméstica.

O Cravi realiza também oficinas mensais para profissionais e servidores das áreas de saúde, assistência social, direito, psicologia, e educação, e a estagiários e estudantes que atuam no atendimento direto à população.

*com informações do Governo de SP

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1
Fale agora com nossa equipe!
Powered by