Capital vai vacinar estudantes nas escolas

Pais precisam assinar autorização padrão fornecida pela prefeitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

A partir de amanhã (25), equipes da Secretaria Municipal da Saúde (SMS) irão às escolas da rede municipal e estadual para aplicar a segunda dose da vacina contra a covid-19. O imunizante será oferecido aos adolescentes de 12 a 17 anos de idade.

Os pais e responsáveis devem assinar um documento autorizando a imunização. O modelo de autorização será levado pelas Unidades Básicas de Saúde (UBSs) às escolas.

O objetivo da administração é vacinar o mais rápido possível o público elegível nesta fase da campanha, principalmente os faltosos para a segunda dose da vacina contra a Covid-19.  

agente de saúde prepara a vacina removendo o imunizante do frasco com um seringa
(Edson Hatakeyama/Pref. de São Paulo)

A estratégia é realizar a vacinação nos dias definidos com a unidade escolar, para que os pais possam se organizar e enviar a autorização.

“Com a vacinação nas escolas, será possível completar o ciclo vacinal dos adolescentes e garantir as segundas doses para esse público”, diz Edson Aparecido, secretário municipal de saúde de São Paulo, em nota.

Em adolescentes de 12 a 17 anos, foram aplicadas até esta terça-feira (23) 893.268 primeiras doses, representando uma cobertura vacinal de 105,8%. Também foram aplicadas 338.553 segundas doses nesse público, representando 40,1% de adolescentes vacinados com a segunda dose.

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Outras notícias

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas