Festa com 200 pessoas é interrompida na Capital

Além da aglomeração, policiais encontraram drogas no local
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp
Local não tinha alvará de funcionamento (Gov. do Estado de SP)

A Vigilância Sanitária e a Polícia Civil interromperam uma festa clandestina com 200 pessoas, na zona leste de São Paulo. A maioria dos convidados estava sem máscara.

A ação faz parte da operação para fiscalizar estabelecimentos comerciais durante a fase vermelha do Plano São Paulo, iniciada às zero hora de hoje (6). No local da festa, também foram apreendidas substâncias ilícitas, entre elas comprimidos de esctasy, cocaína, lança-perfume e bebidas falsas. Além disso, a casa também estava em situação irregular: sem alvará de funcionamento, sem saída de emergência, ligações elétricas clandestinas e extintores vencidos.

Na noite desta sexta-feira (5) e madrugada do sábado, a Vigilância Sanitária autuou pelo menos 43 estabelecimentos na Capital por descumprimento das novas normas de circulação definidas pelo Governo do Estado. Destes, sete foram autuados por aglomerações e funcionamento após o horário permitido. Foram inspecionados bairros como Itaim Bibi, Pinheiros, Vila Mariana, Paraíso, Moema, Morumbi, Penha e Jabaquara.

Além da aglomeração, policiais apreenderam drogas (Gov. do Estado de SP)

A Polícia Militar também esteve presente de forma preventiva em diversos pontos da capital (praças Roosevelt e da República, Largo do Arouche, avenidas Paulista e Sapopemba e nas estações Belém e Tatuapé, entre outros) e em diversos outros municípios do estado, com 1.352 orientações para dispersão de aglomerações. Ao todo, 26.179 pessoas foram abordadas e 21 delas, detidas. Além de vistoriar mais de 48,7 mil veículos, a PM também conseguiu capturar 16 procurados e localizar/recuperar 327 veículos.

*Com informações do Governo do Estado de SP

Compartilhe notícia

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no whatsapp

Veja também

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie!.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias relacionadas